Você sabe o que é Private Equity?

628

O investimento em Private Equity consiste em comprar participação (equity) em empresas não públicas ou investir em empresas públicas mas com o intuito de torná-las não públicas. Existem diversos estágios, estratégias e tipos de investimento em Private Equity. Os fundos de Private Equity normalmente investem de maneira ativa nas empresas, ou seja, além de prover capital, os fundos interferem ativamente no dia a dia da empresa, seja com o intuito de fazer a empresa crescer ou de torná-la mais eficiente.

Entre as diversas estratégias de Private Equity, é comum separar em 4 tipos principais: (1) Leveraged Buyouts (LBO), (2) Venture Capital, (3) Development Capital e (4) Distressed Investing.

No ciclo de vida de uma empresa, normalmente existem diversas fases na qual ela pode receber captação de terceiros:

  1. O primeiro estágio é quando a empresa está apenas no papel. Nessa fase, a empresa possui apenas uma ideia, e normalmente seu financiamento vem através de um investimento anjo, que pode ser feito por família e amigos ou por investidores especializados em investimento anjo.
  2. A segunda fase é chamada de seed-stage. Nessa fase a empresa precisa de capital para desenvolver seu produto e/ou conduzir esforços de marketing e pesquisa de mercado. Essa é a primeira fase na qual os fundos de Venture Capital começam a avaliar o investimento na empresa.
  3. A terceira fase é chamada de early-stage. Nela a companhia continua avançando com a operação, mas a empresa ainda precisa de financiamento para começar a produção e as vendas do produto.
  4. A quarta fase é o estágio de expansão. Nesse estágio, o foco da empresa é em expandir sua área de atuação, aumentar a produção, melhorar seu produto e fazer campanhas de marketing mais agressivas. Nesse momento a empresa ainda não está pronta para se tornar pública e é muito comum as companhias fazerem rodadas de captação junto a empresas de Private Equity nessa fase.
  5. O último estágio antes de a empresa se tornar pública se chama estágio mezanino. Essa fase consiste no financiamento feito pela própria empresa com sua geração de caixa ou por empresas de Private Equity até que a companhia complete seu IPO.

Após entrar em um investimento, é importante que a firma de Private Equity tenha uma estratégia de saída para o investimento. Listamos as estratégias de saída mais comuns abaixo:

  1. M&A: O fundo de Private Equity sai do investimento quando a empresa investida se torna alvo de uma fusão ou aquisição.
  2. IPO e Follow-on: o fundo se desfaz do investimento quando a empresa passa a ser listada publicamente.
  3. Venda da empresa para outro fundo de Private Equity
  4. Write-off: essa é a saída mais comum quando um investimento dá errado. O fundo de Private equity atualiza o valor de seu investimento para baixo e segue em frente para outros projetos.

Vale ressaltar que as estratégias de saída podem ser usadas em conjunto ou apenas para fazer uma saída parcial.